Search

Associando Reiki aos Florais de Bach

Por Gabriel Meissner

28/12/2007

Reiki e Florais de Bach são duas terapias energéticas que se combinam tão bem quanto arroz com feijão. Muitos praticantes têm aplicado ambos os métodos conjuntamente com grande sucesso e eficácia. O objetivo deste artigo é compartilhar minha experiência com esta maravilhosa combinação.

Geralmente, ao atendermos um cliente que venha em busca de um tratamento com Reiki, fazemos uma entrevista antes da primeira aplicação, visando conhecê-lo melhor, identificar a sua queixa e as suas expectativas relativas a todo o processo. Após esta entrevista, começamos a aplicação. Na semana seguinte, o processo é refeito, com uma entrevista de acompanhamento – para identificar possíveis melhoras (ou não) da sua queixa – e uma nova aplicação.

Este processo é excelente e muito eficaz. Entretanto, há um hiato – geralmente de uma semana – entre uma aplicação de Reiki e outra. O ideal seria que todos os dias a pessoa em tratamento tivesse uma forma de se equilibrar, a fim de maximizar os efeitos do tratamento. É aí que entram os Florais de Bach.

Após a primeira entrevista e aplicação, o terapeuta pode identificar as essências florais adequadas à situação que seu cliente está vivendo. Os florais são escolhidos levando-se em consideração, principalmente, seu momento de vida e como ele ou ela se sente em relação a ele (Com medo? Com raiva? Angustiado? Etc...). Em seguida, ao final da aplicação, o terapeuta pode fazer na hora um vidro com os florais e entregar ao seu cliente ou então anotar os nomes das essências escolhidas para que ele os encomende a uma farmácia de manipulação.

Desta forma, o tratamento que começou com o Reiki no consultório continua durante a semana na casa do cliente com os florais, gerando benefícios maiores, contínuos e mais profundos.

Para que a associação entre Reiki e Florais de Bach seja realmente bem-sucedida, os tratamentos devem ser harmônicos entre si. A forma ideal de fazer isso é utilizar-se as técnicas reikianas de tratamento mental/emocional para tratar os mesmos temas (ou temas relacionados ) para os quais os florais foram escolhidos. Assim, garante-se que o tratamento como um todo será bem focado, o que essencial para que gere os resultados esperados.

Há um método auxiliar para se identificar os florais que devem ser indicados ao cliente que passa por um tratamento de Reiki. Todo reikiano experiente sabe que, durante uma aplicação, sentimos sensações nas mãos (que podem variar do calor ao frio, formigamento, dor, “alfinetadas”, vibração etc) que nos indicam as áreas do corpo que necessitam da aplicação de energia. Esta é uma técnica chamada no Reiki Tradicional Japonês de byosen.

O byosen pode indicar não apenas que áreas do corpo físico necessitam de energia, mas também pode ajudar que o terapeuta receba insights das emoções e pensamentos (ao menos, da qualidade/tipo destes) do cliente. Isto não significa que o reikiano seja capaz de ler a sua mente. Na realidade, o que ocorre é a criação de um elo empático, em que o reikiano é capaz de obter um entendimento intuitivo da vida interior do seu atendido.

Este entendimento pode auxiliar – e em alguns casos, definir – quais Florais de Bach escolher para o cliente tomar entre uma aplicação de Reiki e outra. Na minha experiência, muitas vezes aconteceu de eu estar aplicando Reiki em alguém e surgirem na minha mente os nomes das essências que deveria usar. Posteriormente, ao comentar com o cliente sobre isso e explicar para que situações os florais escolhido por este método se destinam, todos sempre concordaram que eles refletem com precisão a maneira que se sentiam.

Resumidamente, esta é a forma como podemos associar estas duas terapias, com o objetivo de tratarmos de maneira eficaz bem busca a nossa ajuda terapêutica. Ou mesmo de fazermos o nosso auto-tratamento (se bem que, neste caso, precisamos ter uma honestidade conosco mesmos que nem sempre temos).

Acredito que haja outras formas de associá-las também. Uma idéia que me ocorreu ao escrever, mas que ainda não testei, seria dar ao atendido algumas gotas da combinação floral Rescue Remedy minutos antes da aplicação de Reiki. Teoricamente, esta fórmula floral já começaria o seu trabalho de reequilíbrio físico/energético/emocional/mental, deixando-o em um estado ideal para receber a aplicação e deixar que o Reiki aja mais rapidamente de forma profunda.

Lembro, porém, que esta é uma medida que ainda não usei. Se você já a usou e quiser compartilhar sua experiência comigo, pode me contatar através do meu e-mail: gabriel.meissner@gmail.com.

Sobre o autor: Gabriel Meissner é Mestre de Reiki e ministra cursos na cidade de São Paulo. É também terapeuta floral, autor de artigos sobre terapias holísticas e espiritualidade e pesquisador de tradições espirituais do ocidente e do oriente. Entre em contato: gabriel.meissner@gmail.com.


Adquiria Livros sobre Reiki e Florais de Bach no Submarino:



2 comentários:

INICIADA disse...

UMA VIDA FANTÁSTICA DE VIVER SEM TER CERTEZAS CONCRETAS DE NADA ...NÃO SE EXPLICA MAS SABE-SE E SENTE-SE PORQUE É TUDO MUITO VARIÁVEL...DE PESSOA PARA PESSOAS..O MAIS INCRÍVEL DE TUDO É O EFEITO SEMPRE POSITIVO... BEM HAJA PARA TODOS OS QUE SEMEIAM ESSE POSITIVISMO!!:-))
ABRAÇOS DE LUZ

Simone disse...

Sim,reiki efloral debach são como arroz com feijão pois lida limpeza sutil de todo o ser,gradualmente.A téchegar na raiz do problema....